segunda-feira, 24 de outubro de 2016

CASO VOUCHERS - A cronologia


O caso dos "vouchers" ainda mexe e promete gerar muita polémica e discussão. Ora eu vou elaborar um cronograma com todas as datas importantes acerca deste processo.

5 de outubro de 2015 - Bruno de Carvalho denunciou oferta de vouchers de refeição e de uma camisola de homenagem a Eusébio aos árbitros,delegados e observadores presentes nos jogos da Luz e do Seixal.  

Na resposta a FPF ordena de imediato a abertura de inquéritos.

Árbitros garantem respeitar limite da UEFA para lembranças 

7 de outubro de 2015 - FPF envia o processo para a Procuradoria Geral da República

9 de outubro de 2015 - Benfica envia carta á FPF e pede investigação no caso dos "Vouchers".

Novembro de 2015 - 180 pessoas ouvidas pela Comissão de Instrução e Inquéritos - Bruno de Carvalho,Luís Filipe Vieira,árbitros,delegados e observadores chamados a depor.

27 de janeiro de 2016 -  Comissão de Instrução e Inquéritos decidiu ARQUIVAR os inquéritos relativos ás denuncias do presidente do Sporting Clube de Portugal. 

Neste mesmo dia Benfica e Sporting pedem recurso.

1 de junho de 2016 - Conselho de Disciplina da FPF confirma novo arquivamento.

Neste mesmo dia Benfica e Sporting pedem recurso para o TAS (Tribunal Arbitral do Desporto).

11 de outubro de 2016 - Unidade de Combate á corrupção da PJ,deslocou-se ao Estádio da Luz para recolher provas relativas á investigação do denominado caso dos "vouchers" 


Resumindo: Desde 1 de junho até 11 de outubro passaram 2 meses e tudo isto ficou em águas de bacalhau.

Vamos a contas


 17 jogos na Luz e 23 no Seixal = 40 JOGOS 

Ora 59,90€ (preço da caixa) x 7 (4 árbitros,2 delegados e 1 observador) é igual a 419,30€

419,30€  X 40 = 16.772€

Em caixas douradas estão investidos quase 17.000€. Só nas caixas. As refeições já são contas de outro Rosário! 

Em breve tentarei trazer mais novidades sobre este processo! Fiquem atentos!