terça-feira, 25 de outubro de 2016

Um "Bonfim" é o que desejamos no fim-de-semana


As visitas ao Estádio do Bonfim têm por norma um sabor especial. É um campo onde o FC Porto se dá muito bem e que já vence lá há várias épocas consecutivas. Fora de campo também temos excelentes relações com o clube Sadino. Não é por nada que Mikel Agu e Zé Manuel foram cedidos ao Setúbal esta temporada. Também foi de lá que veio Suk em Janeiro de 2016. E muitos mais negócios entre ambas as equipas já foram realizados. 


O passado recente no Sado

Nas últimas 10 temporadas o FC Porto triunfou sempre no Bonfim. Aliás a última vez que o Porto não venceu para a Liga no Estádio do Bonfim foi na temporada de 1997/1998 com um empate (1-1).
A última derrota já remonta á temporada 1982/1983 com uma derrota portista (3-1)

ÚLTIMOS CONFRONTOS 

Setúbal 0-1 Porto (15/16)
Setúbal 0-2 Porto (14/15)
Setúbal 1-3 Porto (13/14)
Setúbal 0-3 Porto (12/13)
Setúbal 1-3 Porto (11/12)
Setúbal 0-4 Porto (10/11)
Setúbal 2-5 Porto (09/10)

Nas últimas 7 temporadas no Sado o FC Porto marcou 21 golos e sofreu apenas 4. Um registo bastante positivo para nós! 


ÚLTIMO JOGADOR DO SETÚBAL A MARCAR AO FC PORTO NO BONFIM 


Chama-se Rafael Martins e época passada jogou no Moreirense por empréstimo do Levante (Espanha). 


A forma atual da equipa


O Porto vai entrar em campo na melhor série da temporada. Vem de 4 vitórias seguidas (Nacional,Gafanha,Brugge e Arouca). Na equipa titular Diogo Jota e André Silva têm se destacado na frente de ataque marcando golos e fazendo várias assistências para tal. No setor mais recuado,Felipe e Marcano são de longe a dupla que merece a confiança do NES. Boly jogou apenas em Tondela e em Aveiro. Soma no total 180 minutos de dragão ao peito. 

Os mais utilizados 

1 - André Silva - 14 jogos (1178 minutos)
2 - Iker Casillas - 13 jogos (1170 minutos)
3 - Felipe - 13 jogos (1170 minutos)
4 - Iván Marcano - 13 jogos (1170 minutos)
5 - Miguel Layún - 13 jogos (991 minutos)
6 - Alex Telles - 13 jogos (1145 minutos)
7 - Otávio - 13 jogos - (974 minutos) 
8 - Danilo Pereira - 12 jogos (1070 minutos)
9 - Héctor Herrera - 12 jogos (872 minutos)
10 - Jesús Corona - 12 jogos ( 550 minutos) 

Destes 11 jogadores o maior destaque vai para André Silva. Utilizado em todos os jogos oficiais desta época e já vai com 9 golos em todas as competições. Obra. 

O "meu" onze 



Maxi de regresso á titularidade fazendo descansar Alex Telles;
Rúben Neves titular em vez de Danilo;
João Teixeira em estreia no lugar de Herrera 

São estas as minhas escolhas. E as vossas? Deixem nos comentários abaixo!