sábado, 4 de fevereiro de 2017

Vitória importante na caminhada para o título


Á entrada deste jogo o FC Porto era o favorito á vitória e as razões para tal são bastantes. O Facto de jogar em casa e de atravessar um bom momento fez com que o Sporting chegasse ao Dragão muito pressionado e com margem de erro nula. 


Entrada forte vale vantagem de dois golos ao intervalo 

A surpresa de Nuno Espírito Santo foi lançar Soares logo de início no jogo. E a verdade é que a aposta do treinador revelou-se acertada. Logo aos 6 minutos,Corona baila perante Marvin e cruza para o cabeceamento certeiro de Tiquinho Soares. Estava feito o primeiro golo. 
Depois disso vimos o Sporting a tentar ir em busca do empate mas com a forte oposição da muralha portista. E com o tempo a passar o FC Porto foi controlando as investidas verde e brancas e num lance de contra-ataque, Soares leva tudo á frente,finta Rui Patrício e fuzila as redes pela segunda vez no jogo.


Mudanças no Sporting revelam-se acertadas

Ao intervalo,Jorge Jesus percebeu que a estratégia não estava a funcionar. Foi por isso que lançou no jogo o argentino Alan Ruiz. E logo nos primeiros minutos do segundo tempo,vimos um Sporting diferente e muito melhor. Mas para mim a melhor substituição que o treinador do Sporting fez foi retirar o holandês Marvin Zeegelaar. Adrien Silva com um tiro á trave fez estremecer os corações tripeiros só que aos 60 minutos uma "bomba"de Alan Ruiz só parou no fundo das redes de Iker Casillas. Jogo relançado no Dragão! 

As mudanças de NES


As entradas de André André e de João Carlos Teixeira foram sem dúvida para segurar o forte ataque leonino que já contava com Gelson Martins,Daniel Podence,Alan Ruiz e também Adrien Silva. Mas para mim o nosso treinador é por vezes,um "medricas". Estar a ganhar 2-0 não se pode defender. A não ser que esse resultado esteja a acontecer quando o jogo está quase no fim. Agora faltava mais de meia-hora e ele em vez de ir em busca do terceiro golo para matar definitivamente o jogo vai defender,baixar as linhas e dar espaços ao Sporting? Não faz sentido nenhum Nuno! Com o Benfica fizeste o mesmo e mesmo a acabar sofreste um golo e se esse golo aos 92 não existisse neste momento seríamos líderes isolados e com vantagem no confronto direto com o nosso maior rival. Evitar ao máximo estes erros primários!


Casillas salva os 3 pontos


As investidas do Sporting eram muitas e foi já em tempo de compensação que na sequência de um canto favorável aos leões,Coates cabeceou e Casillas foi ao relvado negar o golo da igualdade. Enorme defesa mesmo a acabar. 


PS: Durante todo o mês de janeiro tentaram a todo o custo vender o Marvin ao Norwich e ao Hull City e chegaram a dizer que não é jogador para o Sporting. Se não é então porque não jogava antes e de repente é titular num jogo que se revela decisivo para a sua equipa?